Rua Labatut, 71 - São Bernardo do Campo - SP 11 4941-3662
Avaliação ambiental preliminar

Avaliação ambiental preliminar

Clique nas imagens para ampliar

As informações a seguir tem como objetivo auxiliar estudantes, docentes, profissionais da área ambiental e empresas de consultoria que atuam no gerenciamento de áreas contaminadas.

AVALIAÇÃO PRELIMINAR

O estudo técnico de avaliação ambiental preliminar consiste em avaliar as condições do terreno e o empreendimento alvo de estudo, identificando as áreas com potencial de contaminação e as áreas suspeitas de contaminação, através de evidências observadas durante a vistoria de campo.

Para a realização da avaliação ambiental preliminar, devem ser levantadas informações a respeito de todos os processos e atividades realizadas na área, considerando todas as substâncias químicas associadas a estes processos, bem como as possíveis fontes de contaminação existentes.

O levantamento de informações para a execução da avaliação ambiental preliminar deve englobar todas as documentações existentes da área, tais como matrícula de registro de imóveis, cadastro de empresas junto à JUCESP, processos registrados na Prefeitura Municipal, processos de licenciamento ambiental e demais processos relacionados aos órgãos ambientais.

Devem ser levantadas ainda, informações históricas, através de imagens aéreas para observação das intervenções realizadas na área ao longo dos anos, podendo ser identificadas informações relevantes a respeito do uso e ocupação do solo para a realização da avaliação ambiental preliminar.

Durante a execução da avaliação ambiental preliminar, é importante a realização de entrevistas com proprietários, responsáveis legais e funcionários das empresas que abrigaram a área a fim de coletar o máximo de informações possíveis a respeito das atividades executadas, podendo desta forma, ser identificada as possíveis áreas fontes de contaminação.

Outro ponto relevante para a etapa de avaliação ambiental preliminar são as entrevistas realizadas com comerciantes e residentes locais, muitas vezes, os mesmos disponibilizam informações ocultadas pelos funcionários e proprietários da área.

O estudo de avaliação ambiental preliminar deve apresentar também a localização de poços de abastecimento de água e áreas contaminadas cadastradas no entorno, com o objetivo de preservar os receptores existentes, o meio ambiente e subsidiar a possibilidade de influência de contaminações externas atingindo o local de estudo.

Após o levantamento de todas as informações relevantes, identificadas todas as atividades com potencial de contaminação e as áreas fontes, é elaborado o modelo conceitual inicial, apontando as áreas de enfoque, substâncias utilizadas nos processos produtivos, mecanismos de liberação e vias de transporte dos contaminantes, receptores e bens a proteger e o método de investigação a ser implantado, mediante a elaboração do plano de investigação confirmatória (etapa seguinte do gerenciamento de áreas contaminadas).

Gostou? compartilhe!