Rua Labatut, 71 - São Bernardo do Campo - SP 11 4941-3662
Remediação do solo

Remediação do solo

Clique nas imagens para ampliar

As informações a seguir tem como objetivo auxiliar estudantes, docentes, profissionais da área ambiental e empresas de consultoria que atuam no gerenciamento de áreas contaminadas.

SOLO SUBSUPERFICIAL

O gerenciamento de uma área contaminada consiste na realização de três etapas de investigação ambiental, sendo elas: avaliação preliminar, ivestigação ambiental confirmatória e investigação ambiental detalhada.

Quando é constatada a presença de indícios de contaminação na avaliação preliminar, são traçadas estratégias de investigação para execução da investigação ambiental confirmatória, levando em consideração todos os locais suspeitos onde deverão ser coletadas amostras de solo e água subterrânea através da realização de sondagens de investigação e instalação de poços de monitoramento.

Após esta etapa, é realizada a investigação ambiental detalhada, visando a delimitação horizontal e vertical das plumas de contaminação em fase retida e fase dissolvida. Também é realizada a análise de risco à saúde humana e ao meio ambiente a partir das concentrações obtidas na área.

Caso seja constatado risco real à saúde humana, devem ser adotadas medidas de intervenção para o solo e água subterrânea, podendo consistir em medidas de remediação, controle institucional ou engenharia.

Especificamente para a fase retida, a remediação do solo é necessária quando os receptores existentes no local estão expostos aos cenários de risco.

A remediação do solo deve ser executada quando forem observados os seguintes riscos:

Solo Superficial

  • Inalação de vapores;
  • Inalação de partículas;
  • Contato dérmico;
  • Ingestão;
  • Ingestão de vegetais.

Solo Subsuperficial

  • Inalação de vapores em ambientes abertos e fechados;
  • Ingestão de água subterrânea a partir da lixiviação.

A remediação do solo contaminado tem o intuito de alcançar as metas de remediação. A remediação do solo contaminado tem como objetivo a redução das concentrações dos contaminantes a valores que não apresentem mais riscos ao meio ambiente e à saúde humana.

Quando o processo de remediação do solo atingir os valores estabelecidos como meta de remediação, ou seja, valores que não apresentem mais riscos para os cenários existentes no site, deve-se iniciar o processo de monitoramento para encerramento.

O tempo do processo de remediação do solo depende das variáveis encontradas no site,  essas variáveis devem ser analisados criteriosamente para definição da técnica utilizada para a remediação do solo, levando em consideração a melhor técnica de acordo com o tipo de contaminante encontrado no local.

Gostou? compartilhe!