Rua Labatut, 71 - São Bernardo do Campo - SP 11 4941-3662

Amostragens de águas subterrâneas

Amostragens de águas subterrâneas


A identificação de contaminação em fase dissolvida no aquífero freático é identificada através da realização de análises laboratoriais das substâncias químicas de interesse através da amostragem de água subterrânea nos poços de monitoramento instalados na área de estudo.

Conforme a Resolução SMA nº 100, de 17/10/2013, a amostragem de água subterrânea deve ser realizada pela metodologia de amostragem por baixa vazão por empresa acreditada pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (CGECRE) em conformidade com a Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005.

Durante a realização da amostragem, são monitorados parâmetros físico-químicos indicadores de qualidade, tais como: temperatura, condutividade elétrica, potencial hidrogeniônico, potencial redox, oxigênio dissolvido e turbidez.

Para o monitoramento dos parâmetros físico-químicos, é utilizada uma bomba de vazão controlável para causar o mínimo de rebaixamento na coluna d’água do poço amostrado, renovando a água subterrânea do mesmo a uma vazão próxima à capacidade de produção do poço de monitoramento, coletando desta forma uma amostra representativa do aquífero freático, com mínima volatilização dos compostos químicos e baixa concentração de sólidos em suspensão.

Após a estabilização dos parâmetros físico-químicos, eliminando a possibilidade de coletar a água estagnada dentro do poço, é realizada a coleta da amostra representativa das condições reais do aquífero.

As amostras são então armazenadas em frascos específicos sendo mantidas em temperatura de 4ºC (± 2°C) para posterior entrega ao laboratório.

selo